TCU deve interferir contra uso de R$ 2 Bi da Fundação Lava Jato

09/03/2019


247 – O acordo entre a República de Curitiba, liderada pela força-tarefa da Lava Jato, e os Estados Unidos – sem respaldo em nenhuma lei brasileira – para receber R$ 2,5 bilhões da Petrobras está na mira de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do também do Tribunal de Contas da União (TCU).

Em entrevista ao jornalista Paulo Silva Pinto, do Poder 360, um ministro do TCU –  tribunal vinculada ao Legislativo que tem a responsabilidade de fiscalizar as despesas no âmbito federal – disse que o órgão tomará medidas para apurar as irregularidades.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.