Nordeste

Wellington Dias descarta lockdown no Piauí e projeta iniciar liberação de atividades em julho

O governador mencionou ainda que espera no dia 6 de julho iniciar a liberação de atividades econômicas, de forma gradual

25/06/2020


O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), anunciou nesta quinta-feira (25) que não irá decretar o lockdown, o bloqueio total, medida mais rígida que o isolamento social, no estado. O governador mencionou ainda que espera no dia 6 de julho iniciar a liberação de atividades econômicas, de forma gradual.

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), havia manifestado desejo do confinamento mais radical na capital. Um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) também apontou o bloqueio total como medida para reduzir a taxa de transmissão do coronavírus. Wellington Dias não aceitou a recomendação.

Wellington Dias afirmou que vai editar um novo decreto, com validade para sexta (26), sábado (27) e domingo (28), com regras mais rígidas de controle. São medidas que já foram aplicadas em outros fins de semana no estado, que incluem horário mais restrito para funcionamento de serviços essenciais, por exemplo, supermercados; suspende o transporte intermunicipal e proíbe aglomerações em locais públicos.

Nesta semana, o governo do estado apresentou uma pesquisa que apontou um aumento de 150% na quantidade de infectados no Piauí pelo novo coronavírus. A estimativa é de mais de 336 mil piauienses com a Covid-19, desses 111 mil estão com potencial de transmitir a doença.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.