Brasil

Alta na conta de luz deve elevar inflação para 6,4% em 2021

aumento de 52% da bandeira vermelha patamar 2,  cobrada na conta de luz, deve aumentar a pressão sobre a inflação e levar o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) a fechar 2021 em 6,4%.

PUBLICIDADE

O aumento foi anunciado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) nesta terça-feira (29). A taxa passa de R$ 6,243 por 100 kWh para R$ 9,49 por 100 kWh, um aumento de 52%.

 

O cálculo é do economista Fabio Romão, da LCA Consultores. “A energia vai ser um dos principais vilões deste ano. Dentre os preços administrados, o principal peso dos aumentos deve ser da gasolina (27,7%), a energia vem em seguida (11,8%). É bastante pesado, pois a energia está na formação de outros preços, pressionando indiretamente”, disse ele, segundo a Folha de S.Paulo.

 

O mais recente boletim Focus, divulgado pelo Banco Central na última segunda-feira (28), apontava que os agentes de mercado esperavam um IPCA de 5,97% neste ano.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp