Brasil

“Amor à democracia nos une. Sem volta ao passado”, diz Barroso neste 7 de setembro

Em meio aos protestos golpistas convocados por Bolsonaro, o ministro do STF e presidente do TSE, um dos mais atacados pelo governo federal, reiterou a importância da democracia e rechaçou a volta da ditadura

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, publicou nesta terça-feira, 7 de setembro, uma mensagem em apoio à democracia brasileiro e rechaçando uma volta à ditadura.

“Brasil, uma paixão. Brancos, negros e indígenas. Civis e militares. Liberais, conservadores e progressistas. Desde 88, a vontade do povo: Collor, FHC, Lula, Dilma e Bolsonaro. Eleições livres, limpas e seguras. O amor ao Brasil e à democracia nos une. Sem volta ao passado”, escreveu o ministro publicando também um vídeo mostrando a realização de eleições em anos anteriores.

Neste feriado acontecem manifestações golpistas convocadas por Jair Bolsonaro, que ataca constantemente Barroso. Há o temor de que bolsonaristas em Brasília tentem invadir o Congresso Nacional e o Supremo.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp