Bahia

Após denúncia de racismo, Mano Menezes é demitido do Bahia

O treinador esteve envolvido na denúncia de racismo feita pelo meia Gerson, do Flamengo, sobre o meia-atacante do Bahia Índio Ramírez.

 

247 – Após o jogador Gerson denunciar que foi vítima de racismo durante uma discussão ocorrida após o segundo gol do Bahia, neste domingo (20), no Rio de Janeiro, o técnico Mano Menezes foi demitido do comando do time baiano.

O treinador esteve envolvido na denúncia de injúria racial feita pelo meia Gerson sobre o meia-atacante do Bahia Índio Ramírez. A equipe foi derrotada pelo Flamengo por 4 a 3.

A demissão foi anunciada pelo clube por meio das redes sociais.

“O Esporte Clube Bahia comunica que Mano Menezes não é mais o técnico do Esquadrão. Nesta mesma ocasião, aproveitamos para anunciar que, em relação à grave acusação de racismo envolvendo o colombiano Indio Ramírez, o clube se posicionará em breve após finalizar a apuração do caso”, diz um trecho do comunicado.

O crime de racismo teria acontecido durante uma discussão após o segundo gol do Bahia. O meia colombiano Juan Pablo Ramírez teria se irritado com a reclamação do flamenguista e dito “cala a boca, negro”.

Gerson, então se dirigiu ao treinador do Bahia. A transmissão do Premiere captou o áudio do momento em que Gerson reclama com Mano sobre Ramírez

“Me chamou de negro”, disse Gerson. “Agora virou malandragem”, respondeu Mano.

“Malandragem? Malandragem, não. Você me respeita!”, retrucou Gerson.

Mano Menezes respondeu: “Rogério… Não vai expulsar ele? Está mandando tomar no **. Foi na cara do juiz que mandou tomar no **. Se aconteceu… Se estamos errados, estamos errados. A gente não quer estar certo estando errado. Mas aquele menino não iria fazer isso com o Gerson. Eu conheço o jogador, chegou agora, é um guri”.

Mano Menezes chegou ao Bahia em setembro deste ano para substituir Roger Machado. Sua chegada foi envolvida por boa expectativa, já que o time apresentava problemas defensivos. O treinador, no entanto, não conseguiu sanar as falhas, e o Bahia mantém a marca de pior defesa do Brasileirão, depois de sofrer 46 gols em 26 jogos.

Ao todo, o Bahia realizou 24 jogos sob comando de Mano Menezes, com oito vitórias, dois empates e 14 derrotas (aproveitamento de 36,1%)*.

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você