Pernambuco

Armando Monteiro diz que deveria ter deixado PTB há mais tempo e anuncia adesão total a projeto de Oposição em Pernambuco

Por Walter Santos

 

O ex-senador e ex-deputado federal Armando Monteiro vive nova fase político-partidária a partir de Pernambuco ao aderir ao PSDB, mas admite, como se deu em conversa com a reportagem da Revista NORDESTE, que deveria ter saído do PTB há mais tempo pela opção radical do presidente Roberto Jefferson, cada vez mais solitário. Ele confirmou alinhamento total com os tucanos em torno de projeto de oposição tendo a prefeita de Caruaru, Raquel Lira, como nome ao governo contra o PSB.

Armando Monteiro explicou que optou lá atrás pelo PTB pela convergência de políticas trabalhistas em torno do capital e trabalho via Ermínio de Morais e José Martinez, então presidente,  morto em acidente aéreo levando o partido a ser comandado por Roberto Jefferson.

– Se reparar direito, nem mais no Rio de Janeiro ele consegue liderar algo e, ao final dos últimos, por optar pelo fundamentalismo de ódio ao aderir ao esquema de Bolsonaro tem perdido as maiores referências do partido – comentou.

ALIANÇA – Ele comentou que se sente harmonizado com o ideário do PSDB e espera contribuir mais com o futuro do partido.

Ele acha que já não tem mais clima para disputar uma vaga na Câmara.Federal nem ao Governo do Estado, por isso a possibilidade de encarar uma eleição para o Senado pode cair bem como opção para o conjunto oposicionista.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp