Pernambuco

Avião da FAB que vai levar ajuda humanitária à Ucrânia e resgatar brasileiros sai do Recife

Aeronave decolou da cidade às 8h05 desta terça-feira (8). Avião tem capacidade para receber até 72 passageiros. Chegada ao destino, na Polônia, está prevista para quarta-feira (9).

 

A aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) que vai ser usada para o resgate de brasileiros que fugiram da guerra na Ucrânia partiu do Recife na manhã desta terça-feira (8), às 8h05 (veja vídeo acima). O KC-390 Millennium vai para Varsóviana Polônia, de onde segue com uma doação humanitária para o país invadido pela Rússia.

Dentro da aeronave, estão 11,6 toneladas de medicamentos para atendimento emergencial, alimentos e itens de necessidade básica com tecnologia para funcionamento autônomo – utilizados em locais sem recursos e em situações extremas, como guerras e conflitos (confira lista mais abaixo).

No Recife, a aeronave fez uma parada técnica, algo normal em trajetos mais longos, que serve para reabastecimento do avião e descanso da tripulação, entre outros procedimentos, segundo a FAB.

Após deixar a capital pernambucana, o avião tem escalas previstas em Cabo Verde, na costa africana; e em Lisboa (Portugal) antes de chegar ao destino final. O pouso na capital polonesa deve acontecer na quarta-feira (9) e os brasileiros repatriados devem chegar ao Brasil na quinta-feira (10).

g1 questionou ao governo federal se já tinha a lista de brasileiros que voltarão no voo, mas não recebeu resposta até a última atualização desta reportagem. O avião pode receber até 72 passageiros (veja vídeo abaixo). A cidade do Brasil onde eles vão chegar também não foi divulgado.

A Operação Repatriação é realizada de forma integrada pelos ministérios da Defesa, das Relações Exteriores e da Saúde. Antes da aeronave decolar, em Brasília, foi realizada uma solenidade com autoridades do governo brasileiro.

O ministro das Relações Exteriores, Carlos França, está em Portugal e vai para a Polônia acompanhar o trabalho de retirada dos brasileiros da região da guerra.

O coordenador da força-tarefa de resgate e repatriação de brasileiros na Ucrânia, Unaldo Eugênio de Sousa, afirmou ao g1 que ainda foram identificados 34 brasileiros em território ucraniano. Desses, 14 já manifestaram que não desejam sair do território.

A carga enviada é composta por alimentos, purificadores de água e medicamentos provenientes de doações. Ao todo são:

  • 50 purificadores de água, de tecnologia e fabricação nacionais (com capacidade combinada para purificar cerca de 300 mil litros de água por dia);
  • 50 kits voltaicos com painel solar para abastecer o equipamento de energia de forma autônoma;
  • 10 toneladas de alimentos desidratadosde alto teor nutritivo (400 mil refeições);
  • 5 kits de medicamentos para emergências médicas, oriundos dos estoques públicos administrados pelo Ministério da Saúde, sem comprometer o abastecimento nacional.

 

 

*g1pe


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp