Internacional

Brasil é excluído de viagem de secretário de Biden à América do Sul

O Brasil não deverá entrar no roteiro de países da América do Sul que serão visitados pelo secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken.

 

Segundo o jornalista Thomas Traumann, colunista da revista Veja, o anúncio deve ser feito nos próximos dias e indica uma mensagem clara do presidente Joe Biden de que o Brasil de Jair Bolsonaro está fora da sua agenda.

 

“A decisão da Casa Branca de manter distância de Bolsonaro tem nome e sobrenome, Donald Trump. No domingo, o filho e principal conselheiro de política externa de Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro, postou orgulhoso no Twitter um bilhete assinado por Trump, em mais uma prova da adoração que a família sente pelo ex-presidente americano”, diz o jornalista.

247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp