Internacional

Brasileira morre asfixiada em bunker na guerra na Ucrânia

A notícia da morte de Thalita do Valle na guerra na Ucrânia chocou amigos e familiares no Brasil. Ela, que tinha 39 anos e era natural de Ribeirão Preto (SP), estava no país invadido pela Rússia em missão humanitária havia menos de um mês. No sábado (2), morreu asfixiada por conta de um incêndio em um bunker onde estava.

 

O colega brasileiro que tentou ajudá-la acabou morrendo por conta de ferimentos, segundo o irmão de Thalita, Theo Rodrigo Vieira.

 

Além da Ucrânia, Thalita já tinha participado de uma missão humanitária no Iraque. No Brasil, ela estava envolvida em ações e causas sociais.

Caso

 

A família da brasileira Thalita do Valle, de 39 anos, confirmou nesta terça-feira (5) a morte dela em combate na Ucrânia. Ela era de Ribeirão Preto (SP) e estava em missão humanitária no país. No sábado (2), morreu por asfixia por conta de um incêndio no bunker onde estava escondida.

 

Procurado, o Ministério das Relações Exteriores informou que recebeu, por meio da Embaixada do Brasil em Kiev, a confirmação da morte de dois brasileiros em território ucraniano, no dia 1º de julho, em decorrência do conflito no país.

com g1


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp