Ceará

Camilo anuncia novos secretários após saída de anteriores para eleições

Substituídos os titulares de Planejamento e Gestão; Cidades, Desenvolvimento Agrário e Ciência e Tecnologia.

 

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou os nomes dos quatro novos secretários que devem assumir pastas do executivo após a saída dos anteriores em decorrência das eleições de 2022. Os nomes dos novos gestores foram divulgados nesta quarta-feira (5) por meio das redes sociais oficiais do governador.

 

A nomeação dos novos secretários deve ser publicada ainda hoje no Diário Oficial do Estado (DOE), conforme o governador. Eles deverão ocupar os cargos de chefia na Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) e Secretaria das Cidades.

 

“Estarei nomeando hoje os quatro secretários que assumirão o comando da Seplag, Secitece, SDA e Cidades, em substituição aos secretários que deixaram os cargos na semana passada. […] Desejo muito sucesso aos novos secretários titulares e agradeço aos ex-secretários Mauro Filho, Inácio Arruda, De Assis Diniz e Zezinho Albuquerque por todo o trabalho realizado enquanto estiveram à frente das secretarias”, escreveu Camilo.

 

Assumirão os cargos:

  • Seplag: Ronaldo Borges, que estava como secretário executivo da pasta;
  • Secitece: Carlos Décimo de Souza, que estava como secretário Executivo;
  • SDA: Ana Tereza Barbosa de Carvalho, que ocupava a presidência do Instituto Agropolos;
  • Cidades: Marcos Cals, que estava como secretário executivo da pasta.

 

Os ex-secretários saíram da gestão estadual após o governador exigir que os possíveis candidatos nas eleições deste ano entregassem os cargos até o fim de 2021. O prazo para afastamento de servidores e gestores da função pública, conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), entretanto, vai até o mês de abril deste ano.

O ex-titular da Seplag, Mauro Filho (PDT), é pré-candidato ao governo do Ceará pelo partido, mas voltará a assumir o mandato de deputado federal para o qual foi eleito em 2018. Zezinho Albuquerque (PDT), ex-titular de Cidades, deve voltar a ocupar seu mandato de deputado estadual.

Já Diassis Diniz (PT) e Inácio Arruda (PCdoB) deverão concorrer à Assembleia Legislativa ou à Câmara Federal.

 

g1ce


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp