Brasil

Carta aberta de reitores eleitos e não empossados por Bolsonaro denuncia arbítrio

Revista Fórum – Reitoras e reitores das Universidades Públicas Federais eleitos e não empossados pelo governo de Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ) soltaram uma carta aberta, nesta sexta-feira (4), onde denunciam a falta de respeito à vontade da Comunidade acadêmica.

De acordo com o documento, a falta de respeito se dá tanto por parte do “ministério da Educação (MEC) quanto pelos colegas servidores que têm aceitado, contrariamente ao resultado das urnas, atuar como interventores ou como membros das equipes de intervenção nas Instituições Federais de Ensino que, desde 2019, tiveram negada a posse de suas reitoras e dos seus reitores/diretores eleitos”


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você