Brasil

Carta pela democracia chega a 100 mil assinaturas em 24 horas

 A “Carta às brasileiras e aos brasileiros em defesa do Estado democrático de Direito”, que repudia os discursos golpistas de Bolsonaro contra as urnas eletrônicas, já chegou a mais de 100 mil assinaturas após ser divulgada pela Faculdade de Direito da USP nesta terça-feira (26). A informação é do portal G1.

 

Ao todo, doze ex-ministros do STF já assinaram o manifesto, além de outros juristas, personalidades, empresários e representantes do mercado financeiro, como Roberto Setúbal e Pedro Moreira Salles, do Itaú. A Fiesp também é uma das signatárias.

 

A carta, que também é uma homenagem aos 45 anos da “Carta aos Brasileiros”, a qual denunciava as arbitrariedades e ilegalidades da ditadura militar, afirma em um trecho que “ao invés de uma festa cívica, estamos passando por momento de imenso perigo para a normalidade democrática, risco às instituições da República e insinuações de desacato ao resultado das eleições.”

 

É possível assinar a carta no site da Faculdade de Direito da USP, clicando aqui.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp