Ceará

Ceará é 3º do Brasil em roubos e furtos de armas a empresas de segurança

O Ceará ocupa a terceira posição no ranking nacional de roubo, furto e extravio de armas de fogo praticados contra empresas de segurança privada. É o que mostra um levantamento divulgado pela agência de dados Fiquem Sabendo, a partir de informações fornecidas pela Polícia Federal (PF), com base na Lei de Acesso à Informação.

Conforme os indicadores, entre janeiro e agosto deste ano, 49 ocorrências deste tipo foram registradas no território cearense, que fica atrás apenas do Pará (51) e de São Paulo (224). Considerando as 27 Unidades da Federação, o total chega a 692.

 

Em termos comparativos, o número de armas de fogo roubadas, furtadas ou com destino desconhecido no Ceará nos oito meses de 2021 já supera todo o ano de 2020, quando o total de registros da mesma natureza chegou a 47. No recorte dos últimos quatro anos, foram 894 ocorrências (veja no gráfico abaixo), o que corresponde a 7,12% dos 12.555 registros verificados neste período em todos os estados.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp