Ceará

Ceará envia força-tarefa para auxiliar vítimas das chuvas em Pernambuco

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) se deslocaram, na manhã desta terça-feira (31), à cidade de Recife, em Pernambuco, para auxiliar os trabalhos de resgates de vítimas em áreas afetadas pelas chuvas. A guarnição enviada conta com o auxílio de cães farejadores, além de viaturas para serem utilizadas em locais de difícil acesso e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

 

Na ofensiva, atuarão os cães farejadores Tupã, da raça boiadeiro australiano, e os labradores Nala e Anny, além do cão Duck. Os animais foram utilizados durante as chuvas em Teresópolis, no Rio de Janeiro; nos resgates do Edifício Andrea, em Fortaleza, e em Brumadinho, no Estado de Minas Gerais, após o rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão.

 

Em suas redes sociais, a governadora do Ceará, Izolda Cela, desejou boa sorte às equipes. “Desejo boa sorte à nossa equipe do Corpo de Bombeiros que viajou hoje para auxiliar nas buscas das vítimas das cheias em Pernambuco”. A chefe do Executivo do Ceará também falou sobre o efetivo que será utilizado nas ações.

 

“Também estão sendo enviados quatro cães farejadores, que já atuaram em apoio em Brumadinho (MG) e em Teresópolis (RJ), duas viaturas e equipamentos de alta tecnologia. Nossa equipe ficará o tempo que for necessário ajudando no resgate”, concluiu ela.

Efetivo

 

Além de sete bombeiros militares e os cães farejadores, as ações do CBMCE contarão também com duas viaturas, sendo uma de transporte de animais, viatura tipo sprinter, e uma viatura 4×4 para local de difícil acesso. O resto dos materiais são os EPIs individuais e caixa para transporte dos animais, alimentação (ração), medicamentos e materiais para higiene dos animais .

 

O capitão do CBMCE, Felipe Aguiar, ressaltou a importância do envio da equipe e do trabalho dos bombeiros cearenses realizado em conjunto com os cães. “Nosso serviço diário é o treinamento e a preparação dos nossos cães. Enviar esse apoio é a comprovação do investimento do Estado e da Corporação na nossa unidade do BBS, pois os cães são extremamente fundamentais para localização de forma mais rápida e eficiente das vítimas. Que o faro dos nossos heróis de quatro patas sejam nossos olhos nestes próximos dias”, frisou o bombeiro militar.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp