Ceará

Ceará: Novo decreto recomenda uso de máscaras em ambientes fechados e locais abertos passíveis de aglomeração

Em transmissão ao vivo pelas redes sociais nesta sexta-feira (10), a governadora Izolda Cela comunicou que, a partir desta segunda (13), o uso de máscaras será recomendado em ambientes fechados, incluindo instituições de ensino, e em locais abertos que possibilitem aglomeração. A medida foi tomada pelo Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia para conter o aumento de casos positivos para a covid-19 observado em todo o Brasil.

 

“Tudo isso para que tenhamos uma condição mais segura de atravessar essa situação”, ressaltou a governadora Izolda Cela.

 

Acompanhada do secretário da Saúde, Marcos Gadelha, a chefe do Executivo Estadual ressaltou que, apesar do crescimento de casos, não são percebidas ocorrências de agravamento pela doença e consequente demanda por assistência. “A pandemia não acabou. Ainda é uma realidade. Precisamos sempre ter prudência”, ponderou.

 

Atualmente, 90,4% dos cearenses completaram o esquema inicial de vacinação (primeira e segunda doses) e 65,1% tomaram dose de reforço. Mais de 20,5 milhões de doses foram aplicadas no Ceará. “É (um número) importante, mas não é suficiente para termos uma condição mais segura, de barreira imunológica”, argumentou Izolda Cela.

No último sábado (4), o Ministério da Saúde ampliou a quarta dose para pessoas a partir de 50 anos e trabalhadores da Saúde de todas as idades. A recomendação vale para quem tomou a primeira dose de reforço há, pelo menos, quatro meses. Mais informações sobre a estratégia devem ser conferidas junto a cada município.

Testagem

Uma das principais dificuldades de enfrentamento à covid-19 no País é a subnotificação de casos. Por isso, é importante que a população realize o teste para confirmar ou descartar a infecção pela doença. A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) mantém dois centros de testagem na Capital: um localizado no Hotel Excelsior (Rua Guilherme Rocha, 172 – Centro) e outro no Aeroporto Internacional de Fortaleza (somente para passageiros em desembarque).

 

O posto localizado no Centro atende por demanda espontânea de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h.

 

Para a população residente em outros municípios cearenses, a recomendação é procurar uma unidade básica de saúde.

Decreto vigente

O último decreto, vigente até domingo (12), já determina a obrigatoriedade de máscaras em transportes coletivos e equipamentos de saúde. A regra permanecerá em vigor.

 

O item de proteção também é aconselhado para pessoas com comorbidades, com idade a partir de 60 anos e para quem apresenta sintomas gripais.

 

Com o novo documento, lugares fechados, incluindo escolas e universidades, e ambientes abertos que possam gerar aglomeração serão incluídos na lista de locais em que o uso de máscara é recomendado.

Vacina contra influenza e sarampo

No Ceará, a 24ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza e a 8ª Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo foram, simultaneamente, prorrogadas até 24 de junho de 2022. Ambas seguem obedecendo a cronogramas específicos e objetivam contemplar, pelo menos, 90% dos públicos prioritários para influenza e 95% para sarampo em crianças de seis meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias. Confira aqui mais detalhes.

 

A vacinação contra as doenças é imprescindível para evitar surgimento ou agravamento de síndromes respiratórias, minimizando o risco de adoecimento. Além disso, a proteção freia a necessidade de procura por assistência em unidades de saúde, reduzindo chances de superlotação nos equipamentos.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp