Brasil

“Censura nunca mais” e “cala boca já morreu”, protesta Lulu Santos no Lollapalooza

247 – O cantor Lulu Santos foi mais um a se manifestar contra Jair Bolsonaro no palco do Lollapalooza.

 

Censura nunca mais”, disse Lulu, depois da <span;>decisão do TSE que proibiu que artistas se manifestassem<span;> politicamente durante o festival que acontece neste final de semana em São Paulo. A decisão do ministro Raul Araujo atendeu a um pedido do PL, partido de Bolsonaro.

 

Como diz Cármen Lúcia, cala boca já morreu quem manda na minha boca sou eu”, disse o cantor no palco do festival, em referência à ministra do Supremo Tribunal Federal. “Censura nunca mais”, completou no final.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp