Internacional

Chancelaria chinesa diz que relatório dos EUA sobre origem da Covid-19 é mentiroso

247 – “A comunidade de inteligência dos Estados Unidos compilou recentemente um suposto relatório sobre as origens da Covid-19. É um relatório mentiroso feito para fins políticos. Não há base científica ou credibilidade nisso. Os EUA também divulgaram um comunicado caluniando e atacando a China. O lado chinês expressa a sua firme objeção. E fez fortes representações aos EUA”, declarou neste sábado (28) o vice-ministro das Relações Exteriores da China, Ma Zhaoxu.

O documento da chancelaria chinesa reafirma o que já tinha afirmado em várias ocasiões: “o rastreamento das origens da Covid-19 é uma questão complexa da ciência”. De acordo com o governo chinês esse rastreamento só deve ser realizado “por cientistas de todo o mundo por meio de pesquisas conjuntas”.

Com base nisso, o vice-ministro chinês expõe sua crítica: “Os EUA, no entanto, desconsideram a ciência e os fatos. Em vez disso, estão obcecados com a manipulação política e com o rastreamento das origens pela comunidade de inteligência. Sem fornecer nenhuma evidência, os EUA inventaram uma história após a outra para difamar e acusar a China. O objetivo é usar o rastreamento das origens para jogar a culpa na China e espalhar o vírus político. O desdobramento da comunidade de inteligência no rastreamento das origens é, por si só, uma evidência convincente da politização da questão”.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp