Internacional

Chanceler chinês propõe listas de interações com EUA para retirar laços de dificuldades

10/07/2020


Beijing, 9 jul (Xinhua) — O conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores chinês, Wang Yi, propôs nesta quinta-feira listas de interações com os Estados Unidos sobre as áreas de cooperação, diálogos e questões que precisam de uma gestão adequada para retirar os laços bilaterais das dificuldades e retorná-los ao caminho correto.

Wang fez as observações ao discursar no Fórum de Think Tanks e Mídia China-EUA, realizado por videoconferência.

Dada a interconexão e a complexidade das questões, Wang disse que seria útil para a China e os Estados Unidos analisá-las e elaborar três listas.

A primeira é uma lista de áreas de cooperação. Esta deve especificar todas as áreas, bilaterais e globais, onde a China e os Estados Unidos precisam e podem trabalhar juntos, indicou Wang. “Quanto mais longa a lista for, melhor. A cooperação desta lista deve ser imune ao impacto de outras questões.”

A segunda é uma lista de diálogos. “Deve listar as questões de diferenças que poderiam ser resolvidas por meio do diálogo”, disse Wang, acrescentando que essas questões devem ser incluídas nos mecanismos e plataformas de diálogo existentes o mais rápido possível.

A terceira é uma lista de questões que precisam de uma gestão adequada. “Deve identificar as poucas questões difíceis que os dois países têm pequenas chances de concordar em um futuro próximo”, disse Wang. “Os dois lados devem gerenciá-las bem, com o espírito de buscar um terreno comum, pondo de lado as diferenças, de modo a minimizar seu impacto e danos às relações gerais China-EUA.”


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.