Brasil

Chuvas em RJ matam 15 pessoas e bombeiros buscam desaparecidos

 Por Léo Rodrigues – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro ainda busca desaparecidos após as chuvas intensas que atingiram na sexta-feira (1º) e ontem (2) diversas cidades do estado, especialmente na região da Costa Verde e na Baixada Fluminense.

 

Em decorrência dos temporais, 15 mortos já foram confirmados, sendo oito em Angra dos Reis, seis de Paraty e um em Mesquita. A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é de mais chuva para hoje (3).

 

O estado vive um dos anos de maior preocupação em relação às chuvas. Em fevereiro, Petrópolis, na Região Serrana, foi duramente impactada por temporal que deixou mais de 230 mortos. O episódio foi reconhecido pela cidade como a maior tragédia de sua história.

 

Diante das novas ocorrências no estado neste fim de semana, o governador Cláudio Castro, do estado do Rio, criou um gabinete de crise com a participação de várias secretárias. A força das chuvas na madrugada de sábado (2) causou grande impacto na Ilha Grande, no município de Angra dos Reis, na região da Costa Verde. Um deslizamento de terra arrastou árvores e casas e deixou completamente destruída a Praia de Itaguaçu. Comunidades da ilha famosas pelo turismo, como a Vila do Abraão, também foram bastante afetadas.

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp