Paraíba

Chuvas na Capital foram as maiores dos últimos 27 anos com dobro da média histórica

Levantamento feito pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa) revelou que as chuvas que atingiram João Pessoa nessa sexta-feira (26) foram as maiores dos últimos 27 anos já registradas na capital. A Aesa contabilizou 202,8 milímetros em apenas 6 horas. Entre 7 e 13 horas de sexta-feira (26) foi anotado o dobro da média histórica do mês de fevereiro, que é 101,1 milímetros. Mais chuvas continuam neste sábado.

De acordo com a meteorologista Marle Bandeira, as chuvas de sexta-feira foram as maiores  registradas pela Aesa na capital num período de 24 horas. “O banco de dados do setor de Monitoramento e Hidrometria da Aesa contabiliza os índices pluviométricos em toda Paraíba desde 1994. Os maiores números que tínhamos de João Pessoa até ontem eram de 30 de maio de 1996, com 190 milímetros e em 14 julho de 2019, 182,4 milímetros. Ambos os casos no período de 24 horas”, elencou.

As precipitações foram provocadas por um conjunto de fatores. “A configuração dos ventos em altos níveis, as altas temperaturas e alto teor de umidade presente no ar contribuíram para que as nuvens se intensificassem trazendo bastante chuva, principalmente na região do Litoral”, explicou Marle.

Ranking das Chuvas – As cinco cidades onde mais choveu neste mês de fevereiro na Paraíba são: Pedra Branca (458 mm), Diamante (334 mm), São José da Lagoa Tapada (321 mm), Coremas (301 mm) e São José de Caiana (298 mm). Pedra Branca também lidera o ranking das chuvas de 2021 com 518 milímetros, seguida por Cajazeiras (398 mm), Carrapateira (392 mm), Diamante (386 mm) e São José da Lagoa Tapada (381 mm).

As chuvas foram acima da média em João Pessoa nesta sexta-feira e ainda continuam…


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp