Brasil

Com favoritismo consolidado, Lula pretende agora abrir agenda para o empresariado

A posição de ampla vantagem de Lula em todas as pesquisas eleitorais faz com que empresários e banqueiros formem fila para dialogar com o ex-presidente

247 – O ex-presidente Lula (PT) e setores do PT, segundo Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, avaliam que chegou o momento de abrir a agenda para o empresariado. Até agora, Lula tinha mantido apenas conversas restritas com representantes do mercado, como Abilio Diniz e José Seripieri Junior, da Qsaúde, seus velhos conhecidos.

A consolidação do favoritismo de Lula, que aparece em todas as pesquisas eleitorais com larga vantagem sobre Jair Bolsonaro (PL), inclusive com chances de vencer a eleição no primeiro turno, “fez crescer a fila de empresários, banqueiros e entidades representativas que aguardam para conversar com ele”, relata a jornalista.

A pré-campanha de Lula vinha focando até agora em encontros com políticos e movimentos sociais. Com as alianças estaduais já bem encaminhadas, o ex-presidente avalia agora que pode se voltar para o empresariado.

*Brasil247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp