Brasil

Com real desvalorizado, Brasil pode deixar grupo das 10 maiores economias do mundo em 2020

09/11/2020


Banco Central do Brasil

Revista Nordeste

O Brasil poderá deixar o grupo das 10 economias do mundo, ainda neste ano, por conta da desvalorização do real ante o dólar e pela queda do Produto Interno Bruto (PIB) causada pela crise do novo coronavírus, além de tentativas frustradas do Ministério da Economia de reaquecer a economia brasileira.

De acordo com um levantamento divulgado nesta segunda-feira (9) pelo jornal Valor Econômico, com base em dados Fundo Monetário Internacional (FMI) compilados pela Fundação Getulio Vargas (FGV), o PIB do Brasil deve cair 28,3% neste ano em relação a 2019, quando convertido para dólar, passando de US$ 1,8 trilhão para US$ 1,4 trilhão.

Segundo essas projeções, o Brasil, que hoje ocupa a nona posição do ranking, passaria para a 12ª colocação, sendo ultrapassado por Canadá, Coreia do Sul e Rússia.

Real enfraquecido
Para este ano, o FMI projeta retração do PIB brasileiro em 5,8%, frente ao ano passado, considerando o valor em real. Mas a queda no ranking se deve não apenas à queda da atividade econômica, mas, sobretudo, à depreciação do real.

Ao longo deste ano, a moeda brasileira foi uma das que mais se desvalorizaram no mundo. O dólar médio de 2020 está em R$ 5,28, 30% acima da média do ano passado.

Quando a moeda americana valia menos de R$ 2, em 2011, o Brasil chegou a ocupar a sétima posição no ranking mundial, atrás de Estados Unidos, China, Japão, Alemanha, Reino Unido e França.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.