Internacional

Com receio de violência, americanos erguem proteções contra possíveis protestos e confrontos

03/11/2020


Em Washington, segurança foi reforçada no entorno da Casa Branca para evitar manifestações e vandalismo — Foto: Susan Walsh/AP Photo

G1

Com receio de que haja protestos violentos ou confrontos nesta terça-feira (3), dia das eleições presidenciais, lojas e escritórios de cidades dos Estados Unidos ergueram proteções de fachadas com placas de compensado de madeira para evitar danos.

A sede do governo do país, a Casa Branca, também foi protegida com grades. Há um clima de tensão neste dia de votação, diferentemente das outras eleições no país.

Andar térreo do Empire State Building, em Nova York, protegido para evitar danos – Foto: Carlo Allegri /Reuters

A Organização de Liberdades Civis dos EUA (ACLU, na sigla em inglês) e outros grupos semelhantes disseram que estão acompanhando de perto os sinais de intimidação de eleitores.

 

No estado da Geórgia, a entidade empregou 300 advogados em locais que têm potencial de ter problemas.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.