Brasil

Conhecido por suas controvérsias, Bolsonaro recebe alta e fala da suposta facada: “a faca entrou”

Defendido pelo médico Antônio Luiz Macedo, Bolsonaro disse que é uma “agressão” afirmar que a suposta facada de 2018 é “fake”. Ele recebeu alta nesta quarta

247 – Em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (5) ao deixar o Hospita Vila Nova Star, da Rede D’Or, em São Paulo, onde foi internado para tratar de uma obstrução intestinal, Jair Bolsonaro respondeu a uma pergunta sobre os rumores de que a suposta facada durante a campanha eleitoral de 2018 teria sido fake.

Ele classificou como uma “agressão” a pergunta. “Tem imagens. Falar que isso é fake? A faca entrou”, disse. O médico-cirurgião Antônio Luiz Macedo, responsável pelo atendimento de Bolsonaro, defendeu seu paciente: “a facada cortou dois vasos do mesentério dele, ficou a 1 centímetro da veia cava dele”.

O chefe do governo federal falou ainda que não é difícil chegar ao real mandante do “atentado”. “Vai chegar em gente importante. Não foi da cabeça dele [Adélio Bispo]. Não há dúvida sobre a tentativa de homicídio”.

 

*Brasil 247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp