Nordeste

Consórcio Nordeste se isenta de fraude empresarial na aquisição de ventiladores e quer punição de responsáveis

O Consórcio Nordeste, representante dos 9 estados nordestinos, soltou nota oficial nesta terça-feira informando que inexiste qualquer participação de membros da instituição diante de fraude apurada contra empresários, portanto, exige a punição dos responsáveis pela não entrega de ventiladores adquiridos durante parte da Pandemia.

 

– O Consórcio foi vítima de uma fraude por parte de empresários que receberam o pagamento e não entregaram os aparelhos, fato que foi imediatamente denunciado pelo próprio Consórcio Nordeste às autoridades policiais e ao judiciário, através de ação judicial que resultou na prisão desses empresários e no bloqueio de seus bens.

 

Eis, na íntegra, o posicionamento do Consórcio Nordeste:

 

NOTA À IMPRENSA

 

Em decorrência da Operação Cianose, realizada pela Polícia Federal nesta terça-feira, 26/04/2022, informamos que a aquisição conjunta de ventiladores pulmonares pelo Consórcio Nordeste foi realizada logo no início da pandemia, tendo como fundamento o art. 4º da Lei n º 13.979/2020, em processo administrativo que observou todos os requisitos legais.

 

No entanto, o Consórcio foi vítima de uma fraude por parte de empresários que receberam o pagamento e não entregaram os aparelhos, fato que foi imediatamente denunciado pelo próprio Consórcio Nordeste às autoridades policiais e ao judiciário, através de ação judicial que resultou na prisão desses empresários e no bloqueio de seus bens.

 

O Consórcio Nordeste segue aguardando a apuração desse crime, o julgamento e punição dos responsáveis e a devolução do dinheiro aos cofres dos respectivos estados.

 

CONSÓRCIO NORDESTE


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp