Brasil

CPI aprova requerimento que pede o banimento de Bolsonaro das redes sociais

247 – A CPI da Covid, cujo relatório final será votado nesta terça-feira (26), aprovou requerimento pedindo o banimento de Jair Bolsonaro das redes sociais por divulgação de fake news sobre a Covid-19 e também que ele faça uma retratação por associar a vacina a um suposto aumento dos casos de Aids.

O senador Jorginho Mello (PL-SC), governista, votou contra os dois requerimentos. O presidente do colegiado, senador Omar Aziz (PSD-AM), rebateu o posicionamento do catarinense. “Presidência não é cargo de boteco em que fala o que quer”, disse.

Mais cedo, o relator, senador Renan Calheiros (MDB-AL), disse que incluiu mais dois nomes na lista de indiciados, o governador do Amazonas, Wilson Lima (MDB-AM), e do ex-secretário de Saúde do estado, Marcellus Campêlo.

Com isso, a lista passa a ter 80 sugestões de indiciamento, sendo 78 pessoas e duas empresas.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp