Brasil

Delegada diz que anestesista preso por estupro é um criminoso em série

 A delegada Barbara Lomba, responsável pelo caso do anestesista Giovanni Quintella Bezerra, preso em flagrante pelo estupro de uma mulher grávida durante uma cesárea, afirmou nesta quarta-feira, 13, que o homem pode ser considerado um ‘criminoso em série’. Isso porque ele é suspeito de cometer ao menos outros cinco estupros, dois deles no mesmo dia do caso de maior repercussão até aqui.

 

“Pela repetição das ações criminosas podemos dizer que ele é um criminoso em série”, explicou a delegada em coletiva de imprensa nesta quarta na Delegacia de Atendimento à Mulher de São João de Meriti, município da Baixada Fluminense (RJ).

com Carta Capital


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp