Pernambuco

Desenvolvimento Sustentável: Pernambuco lança plano de descarbonização

O Governo do Estado lançou, nesta quarta (17), o Plano de Descarbonização de Pernambuco. Se liga: trata-se de uma estratégia para reduzir a emissão de gases de efeito estufa e contribuir para evitar o aumento do aquecimento global e tudo de ruim que ele traz para todos nós. As medidas envolvem os setores de energia e indústria, transportes, resíduos e agricultura, floresta e outros usos do solo. O anúncio ocorreu durante a abertura da I Conferência Internacional de Resíduos Sólidos – Cirsol, onde o governador Paulo Câmara também assinou um decreto formalizando o compromisso com a neutralidade de emissões de carbono até 2050. Além disso, foi criado o Comitê Estadual Pernambuco Carbono Neutro, para apoiar e monitorar a implementação do plano.

 

“Pernambuco foi o primeiro Estado a fazer o inventário dos gases de efeito estufa. Estamos com isso totalmente mapeado e agora temos a oportunidade de iniciar nosso Plano de Descarbonização, carbono neutro até 2050. Pernambuco é um Estado que se dedica a promover o desenvolvimento sustentável, para que possamos aliar as atividades econômicas com o desenvolvimento social, sempre garantindo o meio ambiente protegido”, afirmou Paulo Câmara.

 

O Plano de Descarbonização foi construído com o apoio da União Europeia, das universidades brasileiras e de instituições estaduais, que traçam uma linha até 2050, como prevê o painel da ONU da emergência climática, de neutralizar as nossas emissões, modificando os processos produtivos da indústria, do setor de serviços e de setores governamentais. Isso gera mais qualidade de vida, cuida do meio ambiente e cria empregos verdes para a população.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp