Brasil

Dia do Choro marca nascimento do primeiro estilo urbano brasileiro

 Por Jonas Valente – Repórter Agência Brasil – Brasília

Neste sábado (23), é lembrado o Dia Nacional do Choro, primeiro estilo de música urbana do país, criado ainda no século 19. O choro, ou chorinho, como é conhecido, é marcado por músicos notórios na história do Brasil, como Chiquinha Gonzaga, Pixinguinha e Jacob do Bandolim.

 

Há intensos debates sobre a natureza e a origem do choro. Há debates se seria apenas um estilo de tocar ou um gênero musical próprio. Um dos autores de referência sobre o tema, Alexandre Pinto, escreveu no livro Choro – Reminiscências dos Chorões Antigos considerar o choro uma forma de tocar diferentes gêneros musicais, inclusive de outros países.

 

O cavaquinista brasiliense Márcio Marinho, que comanda rodas e grupos na capital, segue sentido semelhante, entendendo que a especificidade do choro é feita pela foram como os instrumentos se complementam. “Também é importante a tradição da roda, os músicos se encontrando, batendo um papo musical e, de forma descontraída – já que o choro permite o improviso. O choro se tornou uma linguagem”, analisa.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp