Maranhão

Dino: decisão do STF sobre importação da Sputnik V evita “protelações indefinidas” da Anvisa

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), repercutiu a decisão desta terça-feira (13) do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, autorizando o estado do Maranhão a comprar a vacina russa Sputinik V contra a Covid-19, se a Anvisa não decidir sobre o imunizante até o dia 28 de abril.

“Com isso, fica eliminada a hipótese de protelações indefinidas. Vamos aguardar e acompanhar”, escreveu o governador Flávio Dino pelo Twitter.

Para atender ao pedido do governo do Maranhão, o ministro Lewandowski se amparou na recém-aprovada Lei 14.124/2021. De acordo com a norma, a Anvisa deve avaliar se aprova ou não o uso emergencial de um imunizante dentro do prazo máximo de sete dias.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), fechou um contrato para a compra de 4,5 milhões de doses da Sputinik V no mês passado. O único impasse é a falta de aval da Anvisa, que ainda não aprovou o uso emergencial da vacina.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp