Brasil

Dólar dispara e vai a R$ 5,60 após Bolsonaro acabar com teto de gastos para tentar a reeleição

247 com Infomoney –<span;> Na contramão dos mercados globais, que têm dia de otimismo em meio à temporada de balanços nos EUA, o Ibovespa opera em forte queda nesta terça-feira (19), com os investidores monitorando o noticiário em Brasília.

Nesta terça, o Ibovespa operava em baixa da ordem de 3,42% por volta das 15h40 (horário de Brasília), aos 110.518 pontos.

O dólar comercial operava em alta, de 1,51%, a R$ 5,603 na compra e R$ 5,604 na venda. O dólar futuro com vencimento em novembro de 2021, por sua vez, subia cerca de 1,5% a R$ 5,609. O Banco Central fez um novo leilão de venda à vista no valor de US$ 500 milhões nesta manhã.

Quando dólar se valoriza diante do real, o ministro da Economia, Paulo Guedes, vê valorizar os cerca de US$ 9,55 milhões que mantém numa conta offshore nas Ilhas Virgens Britâncias, esconderijo fiscal normalmente utilizado por quem não deseja recolher impostos no país de origem.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2023 tinha alta de 44 pontos-base, a 9,87%; DI para janeiro de 2025 subia 54 pontos-base a 10,90%; e o DI para janeiro de 2027 registrava alta de 51 pontos-base, a 11,25%.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp