Arquivo Nordeste

“Ele está melhor que nós aí dentro”, disse agente da PRF à mulher de Genivaldo Santos, morto na ‘câmara de gás’

Esposa de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, Maria Fabiana destacou que um dos policiais em Umbaúba (SE) tentou diminuir a gravidade do estado de saúde do seu marido, morto por asfixia dentro da uma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF) nessa quarta-feira (25), quando foi alvo de spray de pimenta, após reagir a uma abordagem policial.

 

“Eu estava em casa, aí um conhecido meu me ligou e falou: ‘Vem aqui rápido no posto de reforço porque estão massacrando seu marido’. Eu entrei em choque, saí correndo, peguei um mototáxi e, chegando lá, ele (Genivaldo) já estava de bruços dentro do carro. Não ouvi mais a fala dele, eles (policiais) trancaram ele. Pedi para que abrissem (o porta-malas) para entrar ventilação, o ar estava muito ‘coisado’ de pimenta. Eu passei até mal, porque eu cheguei bem juntinho dele(Genivaldo). O policial falou ‘Ele tá melhor do que nós, aí dentro está ventilado'”, disse ela em entrevista ao portal Fan F1 repercutida pelo jornal O Globo.

 

O Ministério Público Federal em Sergipe deu nesta quinta-feira (26) um prazo de 48 horas para que a PRF envie mais informações sobre a morte de Jesus Santos.

 

A Polícia Federal abriu inquérito com o objetivo de apurar a ação policial.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp