Brasil

Em análise, Walter Santos diz que Bolsonaro reforça Lula no NE sem mostrar novidades

Bolsonaro insiste em polarizar com Lula, mas sem êxito e novidades no NE atacar ex-presidente só afeta terceira via

O saldo da viagem do presidente Jair Bolsonaro ao Nordeste, via Paraiba, Pernambuco e Ceará serviu de contexto típico de clima de pré-candidatura à reeleição, entretanto, a tática de atacar o ex-presidente Lula só ratificou a força do líder petista, não agregou fato especial sem projeto novo, logo, trocando em miúdos só impediu o que se chama de terceira via.

A rigor, dois outros projetos nesta direção começam a ser deflagrados como a presença do governador João Doria na Paraiba neste fim-de-semana na Paraiba, assim como o ingresso do senador Rodrigo Pacheco no PSD para ser candidato, mas nada mais chama a atenção da presença de Lula do que sua performance  sem ele estar no Nordeste.

Um exemplo: no dia em que Bolsonaro esteve fazendo política esculhambando Lula, nova pesquisa revelada no estado do Piauí expos o ex-presidente aparecendo com 63% das intenções de voto contra 17% do presidente. É molhar em ferro frio, diz a tese.

O fato é que quanto mais bate em Lula mais amplia a diferença pro ex – presidente ainda levando em conta que as estrururas de poder paralelo não conseguiram chegaram a uma terceira via enquanto o líder petista é reconhecido internacionalmente.

 

A tática do presidente está surtindo efeito contrário, dizem pesquisas e realidade.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp