Nordeste

Em evento de universidade francesa, Flávio Dino defende democracia brasileira

29/10/2020


Revista Nordeste

Durante a conferência Pour Le Brésil, promovida pela universidade francesa Sciences Po, nessa terça-feira (27), o governador do Maranhão Flávio Dino fez uma defesa da importância da democracia brasileira para combater atitudes agressivas.

Em sua fala, Dino elencou os principais desafios do estado democrático nos dias de hoje, como o combate às fake news, a desigualdade na proteção institucional e a temática da tripartição funcional do estado.

“Se fosse necessário fazer uma agenda sobre o que nós teríamos que percorrer nos debates e ações para proteger a democracia eu colocaria esses itens: fake news, violência, corrupção, desigualdades, tripartição, desigualdades sociais. Acho que são esses fatores que solapam a vitória desse conceito de democracia entre nós”, disse.

Ainda de acordo com governador Flávio Dino, “se fizéssemos um balanço do terrível ano de 2020, apesar das inúmeras dificuldades, a democracia teve vitória, sofrida, é verdade. Mas uma vitória sobre o despotismo pouco esclarecido que é perpetrado no atual momento político do Brasil”, assegurou.

O governador Flávio Dino falou ainda que um dos principais papeis da democracia é manter a ordem institucional. “Nós precisamos afirmar as virtudes e a potência da democracia. O ano de 2020 está sendo um dos anos mais complicados na vida institucional do nosso país. Porém, de toda forma, conseguimos evitar o pior”.

Segundo análise de Flávio Dino, apesar da crise provocada pelo coronavírus, não houve condições políticas para ruptura da ordem democrática, em razão da força da democracia com a ação do Supremo que protegeu e defendeu a federação e permitiu que houvesse um mínimo de condições para combater a pandemia nos estados e municípios brasileiros.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.