Pernambuco

Fundo Garantidor de Pernambuco irá democratizar ainda mais o acesso ao crédito 

Entre as dificuldades que precisam ser enfrentadas por um micro ou pequeno empreendedor para acessar uma linha de crédito está a ausência de garantias a serem ofertadas às instituições financeiras. Com o objetivo de proporcionar mais facilidade no processo, o Governo de Pernambuco enviou à Assembleia Legislativa um projeto de lei que institui o Fundo Garantidor de Pernambuco.

O fundo será operacionalizado pela Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE) e é destinado à garantia complementar da cobertura de riscos de operações para estímulo à concessão de financiamentos. Dessa forma, se constitui como um instrumento a mais nas ações de retomada e recuperação da economia, principalmente para as empresas afetadas pela redução das atividades em virtude das medidas restritivas à circulação, impostas pela pandemia da Covid-19.

Outros Estados brasileiros possuem fundos garantidores, a exemplo de São Paulo, Espírito Santo e Sergipe. “Com o Fundo Garantidor de Pernambuco, pensado no âmbito das ações do Plano Retomada, estamos avançando mais, pois ele é uma forma de democratizar o acesso ao crédito, facilitando as condições para quem toma um financiamento”, explicou o governador Paulo Câmara. 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp