Nordeste

Em São Paulo, com investidores, Pernambuco consolida R$ 455 milhões em parques eólicos

Ventos do Piauí II e Ventos do Piauí III já estão em obras e deverão entrar em operação em novembro deste ano

SÃO PAULO – O governador Paulo Câmara anunciou, nesta quinta-feira (19.05), a construção de mais dois complexos eólicos da Auren Energia no Estado: Ventos do Piauí II e Ventos do Piauí III. A empresa, uma das maiores plataformas de geração e comercialização de energia renovável do Brasil, aplicará um total de R$ 455 milhões nessa implantação, abrangendo os municípios de Araripina, Ouricuri e Santa Filomena, no Sertão do Araripe. Já está em funcionamento em Pernambuco o parque eólico Ventos de Araripe III, em Araripina.

 

 

Os dois parques, que estão nos limites do Piauí e de Pernambuco, têm previsão de iniciar as operações em novembro deste ano. O empreendimento já está em obras e no pico da construção vai gerar cerca de 590 postos de trabalho. A capacidade instalada será de 94,5 MW dentro de uma área de 105 hectares.

 

 

“Seguimos buscando a atração de empresas que priorizam a sustentabilidade. Pernambuco apresenta condições climáticas favoráveis para geração de energia limpa. São iniciativas como essa que nos ajudam a desenvolver as cidades e também a gerar emprego e renda”, disse Paulo Câmara, que recebeu o presidente da Auren Energia, Fábio Zanfelice, juntamente com o diretor da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe), Roberto Abreu e Lima, na unidade da Adepe na capital paulista.

 

 

A Auren, que nasceu da reorganização societária dos ativos da Votorantim S.A e do CPP Investments, opera atualmente 21 parques eólicos entre o Piauí e Pernambuco, e avança no desenvolvimento de um potencial de 474 MWac de capacidade instalada em projetos solares fotovoltaicos na região do Araripe.

ENERGIA LIMPA – A Auren Energia chega para incrementar os investimentos em energia limpa do Estado. Cinco empreendimentos já estão em fase de operação ou implantação. Juntos, totalizam um aporte da ordem de R$ 5,3 bilhões, com a expectativa de geração de mais 3,2 mil empregos diretos. Estão entre eles, a Kroma Energia (obras a iniciar), a Eólica Tecnologia (unidade a ser inaugurada no segundo semestre deste ano), a Solatio (em operação e outros projetos em negociação), Enel Green Power (em operação) e Canadian Solar (em operação e outras unidades em implantação).

 

 

A Auren Energia é uma das maiores plataformas de geração e comercialização de energia renovável do Brasil. A companhia opera com uma matriz limpa e diversificada em ativos localizados em diferentes regiões e uma capacidade instalada de 3,3GW.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp