Brasil

Estado de S. Paulo agride Lula em editorial e o compara ao diabo

Jornal sinaliza que mais uma vez pode fechar com o bolsonarismo para tentar impedir a volta de um governo popular no Brasil

247 – O editorial do jornal Estado de S.Paulo publicado neste domingo (24) dispara diversas agressões contra o Partido dos Trabalhadores e contra o ex-presidente Lula, que lidera as pesquisas de intenção de voto para presidente. 

O tom do editorial, que chamou o ex-presidente Lula de “diabo”, sinaliza que mais uma vez pode fechar com o bolsonarismo para tentar impedir a volta de um governo popular no Brasil. 

“Desde que o PT precipitou a maior crise econômica, política e moral da Nova República, a população esperou em vão por um mísero mea culpa. Após o impeachment de Dilma Rousseff, a única bandeira a unificar seus correligionários foi a denúncia ao “golpe”, logo substituída pelo slogan “Lula Livre”. O PT se opôs a reformas modernizantes como a da Previdência, opõe-se a outras, como a administrativa, e não oferece alternativas construtivas aos desmandos que acusa. Em campanha eleitoral, o partido se mostra incapaz de propor uma agenda positiva para o futuro, muito menos de reconhecer os erros do passado. Ao contrário, afirma que vai repeti-los, por exemplo, implodindo o teto de gastos que estancou a”, diz um trecho do editorial.

*Brasil247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp