BRASIL

Ex-ministro de FHC diz que radicalismo do BC abre espaço para o fim da autonomia

As declarações de Mendonça de Barros surgem no contexto da quarta reunião do Copom deste ano, na qual a expectativa é que a Selic seja mantida em 13,75% ao ano


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp