Brasil

Fato: Protocolo dos governadores do Nordeste reduz Covid; Paraiba /João Pessoa entre os mais vacinados, eis a sintese

A partir da próxima terça-feira o País conviverá com a deflagração da CPI da Covid-19 devendo expor à sociedade os demandos das políticas públicas, a partir de erros promovidos pelo Ministério da Saude e os efeitos na má vacinação por equívocos em não aceitar em 2020 vacinas oferecidas em troca de cloroquina, medicamento contestado no mundo.

A essa altura do campeonato não podemos negar que os esforços para ampliar a quantidade de vacinas coloca o Pais em vexame e súplicas aos laboratórios- tudo isso possivelmente evitado em 2020 se não tivéssemos recusado série de contratos oferecidos.

Há no novo contexto que levar em conta a iniciativa do Ministerio Público Federal de investir pesado contra os Governos estaduais – algo normal, menos se houver politização na missão precípua de fiscalizar os atos a envolverem recursos públicos. Questão de estado não se mistura com a de governo.

NORDESTE RESPONDE COM CIÊNCIA

A criação do Conselho Cientifico pelos governadores  via Consórcio Nordeste foi tudo o que acertadamente houve de positivo no mapeamento e indicativo de procedimentos e/ou protocolos gerando ao final um resultado muito mais expressivo do ponto-de-vista positivo do que em outras regiões.

Miguel Nicolelis depois substituído por Sergio Rezende traduz para o presente a força fundamental da ciência mesmo tendo de conviver com medidas restritivas fundamentais em algum instante para conter a expansão do virus na sociedade, mesmo com atitudes negacionistas de parte da sociedade.

Este cenário surtiu tanto efeito que a Paraiba convive com resultados de quem fez o dever de casa, tanto que se apresenta na lista com a cidade de João Pessoa com melhor desempenho entre os 5 ambientes do Pais.

Eis o saldo de como proceder levando a ciência a sério.

 

http://revistanordeste.com.br/fato-protocolo-dos-governadores-do-nordeste-reduz-covid-paraiba-joao-pessoa-entre-os-mais-vacinados-eis-a-sintese/


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp