Maranhão

Fêmur de 1,5 metro de dinossauro gigante é encontrado no Maranhão

 O paleontólogo Leonardo Keber, do Centro de Apoio à Pesquisa Paleontológica da Quarta Colônia (Cappa), da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), é um dos pesquisadores que tenta desvendar as origens de um imenso fóssil encontrado em Davinópolis, no interior do Maranhão.

 O fóssil foi localizado em abril deste ano durante as escavações para uma obra na cidade, e começou a ser estudado pelo paleontólogo Elver Mayer, da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa). Elver convidou Leonardo a participar dos estudos e das escavações do animal.

 Somente um dos ossos encontrados, que seria um fêmur, tem 1,5 metro, diz o paleontólogo de Santa Maria. “Achávamos que fosse uma preguiça gigante, que são bem comuns no Brasil. Não dava pra ver bem. As vértebras estavam em um sedimento [locais resultantes da erosão de rochas]”, explica.

com g1


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp