Pernambuco

Filas continuam longas e teste rápido para Covid-19 começa a faltar nas farmácias do Recife e Região Metropolitana

De acordo com o Conselho Federal de Farmácia de Pernambuco, já tem unidade demorando até cinco dias para agendar exame.

 

Os testes rápidos para detectar a Covid-19 começaram a faltar em farmácias do Recife e da Região Metropolitana. Enquanto as pessoas enfrentam filas longas em pontos de testagem públicos e particulares, esses locais enfrentam o desabastecimento. De acordo com Arimatea Rocha Filho, representante do Conselho Federal de Farmácia de Pernambuco, já tem farmácia hoje demorando até cinco dias para agendar testes .

 

Ele lembrou que os produtos são importados e passam por uma logística complicada até chegar nos locais públicos e privados de testagem.

“A expectativa não é muito animadora e começa a faltar testes nos locais públicos e privados. Está todo mundo tentando comprar. Já tem farmácia hoje demorando até cinco dias para agendar testes e os laboratórios de análises clínicas também estão tendo dificuldade para repor os estoques”, destacou.

 

Arimatea alertou que, neste momento, é fundamental que seja feita uma seleção das pessoas que devem ou não fazer a testagem. “E os assintomáticos, principalmente aqueles que vão para festas, teriam que ter critérios mais rígidos para reduzir essa procura”, observou.

Nesta segunda (24), mesmo com a abertura de dois novos centros de testagem para a Covid-19 no Recife, a semana começou com filas extensas de pessoas aguardando para fazer o teste para detectar o vírus.

Em uma farmácia no bairro de Casa Forte, na Zona Norte do Recife, as 30 fichas para fazer o teste no horário da manhã acabaram às 7h15. E ainda tinha gente na fila esperando as 30 fichas da tarde.

 

Nessa unidade tem o RT-PCR, que atua detectando o material genético do vírus e custa R$ 350 reais, mas que tem tido pouca demanda devido ao seu alto custo. O mais procurado é o teste de antígeno, que custa R$ 99.

Em outra farmácia no bairro do Espinheiro, na Zona Norte do Recife, 60 fichas foram preenchidas nas primeiras horas da manhã. Também eram apenas 30 vagas para a manhã e outras 30 para a tarde.

As filas no lado de fora dos estabelecimentos são compostas por pessoas com e sem sintomas, que tiveram contato com alguém que testou positivo e precisam ter a certeza se contraíram ou não a doença. A informação nas farmácias é de que o resultado tem sido positivo para a maioria dos testes.

Testagem gratuita no Recife

Pelo governo de Pernambuco

Nos locais sob responsabilidade da Secretaria Estadual de Saúde, é possível realizar os testes para a Covid-19 sem necessidade de agendamento:

  • Parque Dona Lindu, em Boa Viagem, na Zona Sul, para atendimento a pedestres e funciona sem agendamento, todos os dias da semana, das 8h às 17h.
  • Geraldão, na Imbiribeira – das 8h às 17h;
  • Terminal Integrado de Passageiros (TIP) – das 8h às 16h;
  • Fundação de Saúde Amaury de Medeiros (Fusam), na Praça Oswaldo Cruz – das 8h às 17h.

Com agendamento exclusivamente pelo Atende em Casa, ainda há os seguintes locais no Recife disponibilizados pelo governo do estado:

  • Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos de Pernambuco (Cefospe);
  • Sede da Secretaria de Educação e Esportes (exclusivo para profissionais da educação).

No Aeroporto Internacional do Recife, no bairro da Imbiribeira, na Zona Sul da cidade, também há um espaço exclusivo para testagem de passageiros em trânsito e funcionários na área de desembarque do terminal aeroviário.

Pela Prefeitura do Recife

A exigência de agendamento para realizar exames de Covid em todos os locais mantidos pela prefeitura entrou em vigor nessa segunda, como forma de organizar melhor a demanda. A marcação pode ser feita pelo aplicativo ConectaRecife ou pela internet. O agendamento é aberto às 18h do dia anterior ao exame.

  • Centro de testagem no Sesc de Casa Amarela, em Casa Amarela;
  • Sesc de Santo Amaro, na região central da cidade;
  • Parque da Macaxeira, na Macaxeira;
  • Compaz Ariano Suassuna, no Cordeiro;
  • Policlínica Waldemar de Oliveira, em Santo Amaro;
  • Upinha Eduardo Campos, na Bomba do Hemetério;
  • Centro de Saúde Professor Mário Ramos, em Casa Amarela;
  • Upinha Vila Arraes, na Várzea;
  • Centro de Saúde Professor Romero Marques, no Prado;
  • Centro Social Urbano (CSU) Afrânio Godoy, na Imbiribeira;
  • Upinha Moacyr André Gomes, no Morro da Conceição;
  • Policlínica Arnaldo Marques, no Ibura.

 

g1pe


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp