Brasil

Flávio Dino elogia posição de Ciro para reverter aprovação da PEC no segundo turno

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), elogiou a atitude do ex-ministro Ciro Gomes (PDT), que suspendeu a candidatura presidencial após a bancada do seu partido votar pela aprovação, em primeiro turno na Câmara, da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que limita o valor de despesas anuais com precatórios – dívidas da União.

 

“Importante posição de Ciro Gomes para reverter um enorme erro político e jurídico. A PEC do Calote está errada no conteúdo e no procedimento. A Constituição Federal não pode ser modificada de qualquer jeito, na marra, sem observar os ritos e limites fixados no seu artigo 60”, afirmou o chefe do executivo maranhense no Twitter.

 

Também pela rede social, Ciro escreveu: “a mim só me resta um caminho : deixar a minha pré-candidatura em suspenso até que a bancada do meu partido reavalie sua posição”.

PUBLICIDADE

.

 

Para ser aprovada na Câmara, a proposta também precisa ter aval dos parlamentar durante a votação em segundo turno. De acordo com as regras atuais, números do governo indicaram um pagamento com precatórios de R$ 89 bilhões em 2022, frente aos R$ 54,7 bilhões de 2021. Os quase R$ 90 bilhões são o valor que Jair Bolsonaro terá para gastar em ano eleitoral.

com 247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp