Nordeste

Fortaleza registra aumento de 27,3% na apreensão de armas nos cinco primeiros meses de 2022

Entre janeiro e maio de 2022, as Forças de Segurança do Ceará retiraram 2.846 armas de fogo de circulação. Somente em Fortaleza, foram 863 apreensões, o que representa um aumento de 27,3% em comparação com o mesmo período em 2021, quando foram recolhidas 678 armas na Capital.

 

Os dados foram compilados pela Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), instituição vinculada à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), que disponibiliza informações por meio do seu painel dinâmico.

 

No Ceará, o acréscimo no acumulado dos cinco primeiros meses deste ano é estimado em 14%. Enquanto em 2022 as Forças de Segurança apreenderam quase três mil armas, no ano anterior foram 2.497 no mesmo período. Em maio, foram 534 armas recolhidas pelas Polícias Militar e Civil, contra 504 no mesmo mês em 2021. O aumento ficou em 6%.

 

Do total de armas confiscadas no Ceará somente no mês de maio de 2022, 149 apreensões aconteceram na Capital, contra 129 em maio de 2021, com um aumento estimado em 15,5%.

 

Entre as medidas que impactam no aumento desse tipo de apreensão está o reforço no policiamento ostensivo. A exemplo disso estão as instalações das bases do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) da Polícia Militar do Ceará (PMCE), que chegou à sua 64ª base instalada no Estado.

 

“Esse aumento é fruto dessas operações integradas permanentes realizadas pela SSPDS, por meio de suas vinculadas, e também pela expansão das bases do CPRaio. Tivemos, nos últimos meses, novas bases inauguradas, que aumentam as ações extensivas. E, por último, uma intensificação das ações de inteligência e investigação policial, pois tirar arma das ruas é uma das estratégias que temos para reduzir os crimes violentos”, explica o titular da SSPDS-CE, Sandro Caron.

Apreensões recentes

 

Nessa terça-feira (7), dois homens foram presos e duas armas de fogo foram apreendidas em ações distintas, realizadas pelo Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE) da Polícia Militar do Ceará (PMCE). As capturas e apreensões aconteceram nos municípios de Aquiraz e Paracuru, nas Áreas Integradas de Segurança 13 e 23 (13 e 23) do Estado, respectivamente. Os suspeitos foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo em unidades da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE).


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp