Brasil

Fundo Russo vai reavaliar envio da Sputnik V ao Brasil após posição do Ministério da Saúde; governadores pedem manutenção do prazo

O Consórcio Nordeste se reuniu nesta quarta-feira (21) com  o presidente do Fundo Russo, Kirill Dmitriev.  Na pauta, estiveram acertos sobre cronograma de entrega das doses de vacinas Sputnik V aos estados do Nordeste.

 

De acordo com o presidente do Consórcio, Wellington Dias, revelou que o Fundo vai reavaliar a situação do envio das vacinas e pediu um prazo de 48h.

 

Leia mais: Com iminente chegada ao Brasil, governadores do Nordeste cobram ministro Queiroga por inclusão da Sputnik V no PNI

 

Os governadores pediram para que fosse mantido o cronograma da entrega.

 

“O esforço dos governadores do Brasil para que a gente tenha mais vacina tem sido uma corrida de obstáculos! A gente vence um obstáculo e aí aparece outro obstáculo. Ora é a Anvisa, ora é uma posição do Ministério da Saúde como aconteceu agora. Por isso que oficializamos pedindo um posicionamento. Hoje, na agenda com os russos, depois que estava tudo já acertado para a próxima semana termos a entrega das vacinas. Eles colocaram que precisavam avaliar sobre essa situação do ministério em um prazo de 48 horas e nós pedimos para que ficasse mantida o cronograma de entrega para que a gente possa rapidamente estar trabalhando mais vacina para mais vacinação e ao mesmo tempo salvar vidas no Brasil”, disse Dias.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp