Brasil

Gleisi defende que escândalo da Covaxin seja incluído no superpedido de impeachment

A presidente do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, entende que responsabilidade pelo caso Covaxin é de Bolsonaro.

247 – “O caso da Covaxin tem de entrar no superpedido de impeachment! Bolsonaro responsável na veia!”, escreve a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, no Twitter

A dirigente opina que houve prevaricação do ocupante do Palácio do Planalto, porque ele soube do envolvimento do líder do governo e não mandou investigar, por interesse pessoal e político”.

O superpedido de impeachment será entregue na quarta-feira (30), quando haverá um ato político na Câmara dos Deputados.

 

*Brasil247

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp