Brasil

Governadores da Amazônia Legal pedem reativação de leitos Covid-19 desabilitados pelo SUS

Em carta à nação brasileira, os nove governadores da Amazônia Legal solicitaram a retomada imediata da habilitação de leitos de UTI para o tratamento de Covid-19, em meio à crescente de casos em todo o país.

Segundo levantamento do CONASS (Conselho Nacional de Nacional de Secretários de Saúde), o Brasil tinha, em dezembro, 12.003 leitos de UTI Covid habilitados pelo SUS. Em fevereiro, esse número caiu para 3.187.

O Maranhão, que chegou a ter 228 leitos de UTI habilitados pelo SUS, hoje possui apenas 15. Para efeito de comparação, apenas o Hospital das Clínicas Integradas (HCI), uma unidade totalmente Covid aberta pelo Governo do Estado, possui 60 leitos de UTI. No momento, o Maranhão possui 306 leitos de UTI disponíveis na rede estadual de saúde.

Os governadores também pediram a retomada do Auxílio Emergencial, pois a persistência da pandemia gera efeitos sociais e econômicos, como aumento do desemprego e diminuição da renda das famílias brasileiras.

Confira, abaixo, o teor completo da Carta:

CONSÓRCIO INTERESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA AMAZÔNIA LEGAL

São Luís, 07 de fevereiro de 2021. 

CARTA DA AMAZÔNIA À NAÇÃO BRASILEIRA 

Pela retomada imediata da habilitação de leitos SUS e outras medidas urgentes frente à pandemia na região. Senhoras e Senhores,

  1. Em nome da Amazônia brasileira, nós, governadores da Amazônia Legal, dirigimo-nos a todos para agradecer a solidariedade com a nossa população, em face do difícil momento que atravessamos, notadamente com a sobrecarga dos sistemas hospitalares. Destacamos, em especial, o empenho de todos os Estados brasileiros e dos seus profissionais que estão recebendo e cuidando de pacientes oriundos da nossa região.
  2. Enfatizamos que, neste momento, é vital a retomada da habilitação de leitos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), sob pena de se agudizar o problema do subfinanciamento em meses decisivos no enfrentamento à pandemia.
  3. Do mesmo modo, temos a expectativa de que ocorra a retomada imediata do auxílio emergencial, pois a persistência da pandemia gera múltiplos efeitos econômicos e sociais, demandando medidas compensatórias para as famílias.
  4. Certos de contarmos com a célere resposta do Governo Federal e com o apoio das autoridades brasileiras, agradecemos os esforços de todos.

FLÁVIO DINO
Governador do Estado do Maranhão
Presidente do Consórcio

GLADSON DE LIMA CAMELI
Governador do Estado do Acre

ANTÔNIO WALDEZ GÓES DA SILVA
Governador do Estado do Amapá

WILSON MIRANDA LIMA
Governador do Estado do Amazonas

MAURO MENDES FERREIRA
Governador Estado do Mato Grosso

HELDER ZAHLUTH BARBALHO
Governador do Estado do Pará

MARCOS JOSÉ ROCHA DOS SANTOS
Governador do Estado de Rondônia

ANTONIO DENARIUM
Governador do Estado de Roraima

MAURO CARLESSE
Governador do Estado do Tocantins

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp