Brasil

Governadores de São Paulo, Ceará e DF confrontam Bolsonaro e Queiroga e não exigirão receita para vacinar crianças contra Covid

247 – Os governadores do Distrito Federal, Bahia e Ceará, além da Prefeitura do Rio de Janeiro, afirmaram que as crianças de 5 a 11 anos que forem tomar a vacina contra a Covid-19 não terão que apresentar prescrição médica para receberem o imunizante.

 

Na sexta-feira (24), o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) divulgou nota contrária ao posicionamento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, de que os pais apresentem requisição médica para poderem vacinar seus filhos.

 

“Jamais seguiremos os negacionistas, independente do cargo que ocupam. Esses estão mais preocupados em promover disputas ideológicas e políticas que salvar vidas”, postou o governador do Ceará, Camilo Santana (PT) nas redes sociais.

 

O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), também usou as redes para se posicionar contra a exigência do Ministério da Saúde.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp