Política

Governo apresenta potencialidades do Rio Grande do Norte a cônsul do Japão

As potencialidades do Rio Grande do Norte em várias áreas da economia foram apresentadas pela equipe econômica do governo do Estado ao cônsul geral do Japão, Hiroaki Sano, na tarde desta terça-feira (03), durante visita que ele fez à governadora Fátima Bezerra. O objetivo do encontro foi a abertura de um canal de aproximação de empresas japonesas interessadas em investir no Brasil com o RN. Uma dessas empresas, adiantou ele, já tem projetos para Mossoró. A governadora fez questão de apresentar o Proedi ao se refererir à política de incentivos para a indústria:

 

“Estamos de portas abertas e temos o desejo de manter esse diálogo. Somos um governo que tem clareza da importância de buscar o desenvolvimento para gerar empregos e renda, proporcionar a inclusão social. Na semana passada, anunciamos um grande investimento na Educação, inclusive com foco no ensino profissionalizante. Temos um ambiente de negócios saudável, favorável à atração de empresas.”

 

Além do potencial já conhecido na fruticultura, turismo, mineração, carcinicultura, petróleo e energias renováveis, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) destacou o projeto do polo cloroquímico entre Mossoró e Guamaré para a fabricação de produtos com alta demanda no mercado nacional, entre eles o PVC. Hoje, o Brasil importa 60% desse produto. “Temos todas as matérias-primas para funcionamento do polo e estamos em busca de investidores”, informou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, destacando que além de incentivos, o Rio Grande do Norte também tem mão de obra qualificada para atuar nos diversos segmentos econômicos.

 

Segundo ele, outro projeto é o do chamado “hidrogênio verde”. A Agência Internacional para Energias Renováveis estima que até o final da década, pelo menos 6% do consumo global de energia estará associado ao hidrogênio. “De todos os países, o Brasil é o que tem mais condições produzir esse combustível do futuro. E no Brasil, quem tem o maior potencial para isso é o Rio Grande do Norte”, enfatizou o secretário.

No final do encontro, a governadora falou da alegria do povo potiguar pela conquista da medalha de ouro no surf de Ítalo Ferreira na Olimpíada do Japão, e presenteou o cônsul com uma cesta de produtos regionais e o livro ‘Litoral do RN – 410 km de Praias’, do fotojornalista Canindé Soares. Em retribuição, recebeu um par de taças de cristal fabricadas por uma tradicional empresa japonesa.

 

Acompanhado da consulesa Yoshie Sano, o diplomata, que reside no Recife desde o ano passado, esteve em Natal na Copa do Mundo da Fifa 2014, acompanhando o jogo Japão 0x0 Grécia. Também participaram do encontro, realizado na sala de reuniões da Governadoria, a secretária adjunta da Educação, Márcia Gurgel Ribeiro o presidente da Fundação José Augusto, Crispiniano Neto; a subsecretária de Turismo, Solange Portela; o assessor técnico e a gerente de investimentos da Sedec, respectivamente, Guido Salvi e Liene Marques.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp