Ceará

Homem mais procurado pelas Forças de Segurança do Ceará é capturado em Fortaleza

O homem mais procurado pelas Forças de Segurança do Ceará e que integrava a lista do Programa de Recompensa foi capturado, nessa quinta-feira (4), no bairro Passaré – Área Integrada de Segurança 7 (AIS 7) da Capital. Wandeson Delfino de Queiroz (24), conhecido como “Interior”, é apontado como chefe de um grupo criminoso e o responsável pelas mortes de sete pessoas, registradas em novembro de 2020, no município de Ibaretama (AIS 20). A captura ocorreu após um trabalho de inteligência realizado por equipes da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) com o apoio da Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Os detalhes do trabalho policial foram divulgados, na manhã desta sexta-feira (5), em coletiva de imprensa na sede da Superintendência da Polícia Civil, no Centro de Fortaleza.

 

A prisão foi desencadeada a partir dos levantamentos feitos pelas equipes de inteligências da PC-CE e da SSPDS, que compartilharam informações que levaram os policiais civis a localizar o suspeito. Conforme apuração, Wandeson passou a residir na Capital logo após o envolvimento com um crime registrado em Ibaretama (AIS 20), que resultou nas mortes de sete pessoas. Apurações apontam que ele ainda exercia influência dentro de um grupo criminoso atuante na região onde ocorreram as mortes, em Ibaretama, e também em uma comunidade da Capital cearense.

 

Além do inquérito que apura as sete mortes, Wandeson é investigado ainda em outros nove procedimentos de homicídios. Na manhã de ontem (4), ele foi preso em um imóvel no bairro Passaré (AIS 7). Ao avistar as equipes, o suspeito tentou fugir, mas logo foi abordado. Durante a ofensiva, uma pistola calibre 40 e 15 munições do mesmo calibre foram apreendidos na casa. Diante disso, o indivíduo foi encaminhado para a sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

 

Contra ele, também foram cumpridos outros três mandados de prisão preventiva. A ação conjunta foi deflagrada por equipes da Delegacia Regional de Quixadá e contou com o apoio do Departamento de Inteligência Policial (DIP), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), do Departamento de Polícia Judiciária do Interior Sul (DPJI Sul), Departamento de Polícia Judiciária da Capital (DPJC), do Departamento de Polícia Judiciária Metropolitana (DPJM) da PC-CE, além da Coin da SSPDS.

Programa da Recompensa

 

Com a prisão de Wandeson, outros 12 nomes seguem incluídos na lista e tiveram suas informações atualizadas pelo Governo do Ceará. Todos os indivíduos são suspeitos de integrarem grupos criminosos atuantes no Estado, além de possuírem passagens por diversos crimes. As quantias, que serão destinadas ao pagamento de pessoas que forneçam informações que auxiliem nas capturas dos investigados, variam entre R$ 2 mil e R$ 8 mil.

 

Outra prisão recente de foragido da Justiça Cearense ocorreu, no último dia 22 de outubro deste ano. Na ocasião, Marcos Batista Ferreira Mendes (40), conhecido como “Marquim Coragem”, foi capturado no município de Sobral (AIS 14) por equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Ele havia sido incluído no Programa Estadual de Recompensa por ser apontado como integrante de um grupo criminoso atuante na Região Norte do Ceará. O homem possui diversas passagens por homicídio doloso, latrocínio, associação criminosa e corrupção de menores. Durante a ofensiva, seis armas e 68 munições foram apreendidas.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp