Maranhão

IBGE aponta que turismo é fator determinante para o PIB do Maranhão

No último estudo do PIB (2018) divulgado pelo IBGE, o Maranhão foi o estado do Nordeste que apresentou maior crescimento, com 2,9%, valor acima da média nacional, que ficou em 1,8%. No setor de Serviços, as atividades de Turismo, como hospedagem e alimentação, além das áreas de transporte, armazenagem e correio, com crescimentos reais de 7,2% e 8,2%, respectivamente, tiveram significativa contribuição para o bom desempenho do setor terciário.

O PIB é a soma do valor dos bens e serviços finais produzidos numa economia em determinado período, é o agregado macroeconômico considerado como principal indicador da atividade econômica no país. O ano de 2018 é o mais recente divulgado até agora pelo IBGE, do governo federal.

AGRIPECUÁRIA – Na composição setorial do Maranhão, a Agropecuária corresponde a 8,94%, a Indústria 18,51% e o setor de Serviços 72,55%. Em Serviços, a atividade com maior peso econômico foi a administração pública: federal, estadual e municipal. O setor de serviços registrou crescimento no número de contratações, com mais de 34 mil no comércio; aumentaram as contratações na Administração Pública, com mais de 21 mil, além do incremento de 12,7% na massa salarial da Administração Pública (APU).


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você